quinta-feira, 4 de junho de 2009

Albertina de São Pedro


You scolhi fazer l Porcesso an Mirandés por bias de ser la mie lhéngua mai, la purmeira que daprendi. Toda la bida tengo andado anquemodada cul grabe, a las bezes peç que até me atafanha. Toda la bida tengo bibido agoniada por se star a perder la nuossa lhéngua.
Na scuola, quando you andube, inda tube muita deficuldade, que se me misturában las dues; mas tamien inda daba algun jeito, por eisemplo, chapéu i machada sabiemos que se screbien cun “ch”, cumo l deziemos.
Nunca cuidei inda benir a tener “scuola” an Mirandés. Cun l Mirandés las cousas peç que sálen melhor; an pertués las palabras ténen que ser mais rebuscadas; an Mirandés peç que até la giente stá a brincar.
Acho muito justo que mos déian esta Ouportunidade; i nó solo justo, mas tamien me dá muita alegrie i muita proua; yá ten benido giente a mie casa, alguns bien doutores, que quier oubir l mirandês i sabe dá-le balor!


Albertina São Pedro

2 comentários:

Tounecas disse...

Este blog não está actualizado há muito tempo mas espero que alguém leia esta mensagem.
O meu nome é Cristina e sou filha de José "Malhão" e Isabel. Morávamos no Trufal.
Fiquei tão surpreendida ao vê-la neste blog após tantos anos. Tenho ido todos os anos a São Pedro visitar a família próxima mas não tem dado para rever todas as pessoas que tanto marcaram a minha infância. Vou pedindo novidades à minha Tia Albertina.
O certo é que continuo a considerar São Pedro como a aldeia do meu coração. Fiquei sempre com muitas saudades dos anos que lá passámos.
Espero que continuem a divulgar as lindas imagens que acabei de ver neste blog.
Beijinhos

Cristina

Ricardo disse...

Oi tia Albertina, sou Ricardo filho da Túlia. Sempre que posso entro no seu blog e hoje até liguei para minha mãe para "decifrar" algumas palavras. Parabéns por fazer esse trabalho de concientização do povo português sobre esta língua ou melhor, dialeto que faz parte da cultura... Sempre que leio lembro do meu avô, que as vezes falava uma frase em mirandes . Faz um ano exato que eu e minha esposa estivemos em Portugal e já estamos com muitas saudades... Ela gostou tanto que apesar de não ser portuguesa, começou a estudar sobre a cultura e a geografia do país e por ela, iria todos os anos.... beijos e esperamos uma visita aqui no Brasil